Documentário que acusa Michael Jackson de pedofilia é exibido na TV


(Foto: Divulgação HBO)

Depois das polêmicas durante o lançamento no Festival de Sundance, em janeiro, e a exibição nos EUA no começo deste mês, que resultou até na exclusão de um episódio de ‘Os Simpsons’, chegou a vez do público brasileiro poder ver o documentário ‘Deixando Neverland’. Dividido em duas partes que serão exibidas no canal HBO no sábado (16) e domingo (17), sempre às 20h, o filme traz relatos de James “Jimmy” Safechuck e Wade Robson sobre as experiências que tiveram na infância, enquanto conviveram com o cantor Michael Jackson.

Receba no seu Whatsapp as novidades sobre o mundo dos famosos (e muito mais)

De acordo com a sinopse oficial, “James Safechuck era um ator infantil de Simi Valley, Califórnia. Em 1986, fez uma participação em um comercial da Pepsi junto com Michael Jackson. Fascinado por Safechuck, em poucos meses o cantor se transformou em amigo da família. Já Wade Robson era um bailarino mirim de Brisbane, Austrália. Em 1987, aos 5 anos, teve a oportunidade de conhecer o artista após vencer um concurso em que o imitava.

Jackson entrou nas vidas destas famílias de forma semelhante. Sua estratégia foi sutil, sempre justificando suas atitudes como expressões de afeto pelos meninos. O artista se tornou amigo, mentor e confidente das crianças, expressando seu amor pelos dois, enquanto gradualmente os isolava das famílias.

As visitas rapidamente começaram a incluir estadias na casa, onde Jackson dormiria no mesmo quarto que os seus jovens hóspedes, afastados dos pais. Tanto Robson como Safechuck descrevem como o que teve início como inocentes festas do pijama levou a um contato íntimo com o artista. Quando os abusos sexuais começaram, Robson tinha 7 anos e Safechuck, 10. Logo, como Safechuck recorda dolorosamente, quase todos os lugares “especiais” em Neverland foram marcados por um encontro sexual.”

Uma das principais polêmicas sobre o filme é o fato de Robson e Safechuck terem prestados depoimentos defendendo o artista quando este foi julgado pelas acusações de abuso de menores, em 2005. Na época, Jackson foi inocentado pela justiça norte-americana.

“Eu quero poder falar a verdade tão alto quanto eu tive que falar a mentira por tanto tempo”, diz Robson, à certa altura. “Segredos vão te consumindo”, reflete Safechuck.

Após a exibição em Sundance, a família do astro chamou a obra de linchamento público do Rei do Pop, insinuando que tudo não passa de abutres querendo se aproveitar do que restou de seu reinado. “Michael não está aqui para se defender, senão essas acusações jamais teriam acontecido”, afirmaram em pronunciamento.

This article is automatically posted by WP-AutoPost Plugin

Source URL:https://br.vida-estilo.yahoo.com/hbo-exibe-neste-final-de-semana-documentario-que-acusa-michael-jackson-de-pedofilia-155020450.html

Leave a reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>