Carlos Alberto Decotelli pede demissão do MEC após currículo anabolizado ser contestado



Terceiro ministro da Educação do governo Bolsonaro foi acusado de plágio em dissertação de mestrado.

Antes mesmo de tomar posse, Carlos Alberto Decotelli deixou o Ministério da Educação. Ele entregou a carta de demissão ao presidente Jair Bolsonaro na tarde desta terça-feira (30), após contradições em informações em seu currículo. No lugar da posse, que estava prevista para esta tarde, a saída; ele deixa o cargo apenas 5 dias após seu nome ter sido publicado no DOU (Diário Oficial da União). Ele é o terceiro chefe do MEC a deixar a pasta em um ano e meio de governo. 

Após um encontro com Bolsonaro na tarde desta segunda (29), Decotelli negou que deixaria o ministério, minimizado as contradições em seu CV. O presidente, contudo, não se satisfez com as justificativas que ouviu de seu agora ex-ministro. 

As sequentes dores de cabeça de Bolsonaro com o CV de Decotelli desgastaram o núcleo militar, que bancou a indicação do economista à vaga no MEC. Em especial os ministros militares do Planalto têm sido criticados pelo próprio Bolsonaro por não terem checado os dados do currículo do ex-presidente do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). 

No início da noite, o ministro chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, general Augusto Heleno, negou em seu Twitter que a Abin (Agência Brasileira de Inteligência), que fica sob o guarda-chuva da GSI, cheque a formação de integrantes do governo, dizendo que isso é responsabilidade de “cada um”. 

Aos desinformados: o GSI/ABIN examinam, sobre quem vai ocupar cargos no Governo, antecedentes criminais, contas irregulares e pendentes, histórico de processos e vedações do controle interno. No caso de Ministros, cada um é responsável pelo seu currículo.

— General Heleno (@gen_heleno) June 30, 2020

Conforme fontes palacianas ouvidas pelo HuffPost nesta terça, integrantes da ala ideológica passaram a defender desde o fim de semana um nome alinhado a eles, como o polêmico ex-chefe da pasta Abraham Weintraub. Segundo informou uma das pessoas…

Continue a ler no HuffPost

This article is automatically posted by WP-AutoPost Plugin

Source URL:https://br.vida-estilo.yahoo.com/ministro-educacao-saiu-192111177.html

Leave a reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>