Um rolê pelo Complexo do Alemão em meio à pandemia mostra a realidade que ninguém vê


Reprodução

Todos os dias milhões de brasileiros discutem os números da pandemia do novo coronavírus. Milhões de casos, milhares de mortes. Todos os dias milhões de brasileiros se higienizam com álcool gel, vários deles nos confortos de suas casas, nas quais encontram abrigo e estrutura para trabalhar de lá mesmo e tocar a vida normalmente dentro do que está todo mundo chamando de novo normal.

Mas não é assim para todo mundo.

O Yahoo Brasil estreia hoje, em parceria com diversas produtoras periféricas espalhadas pelo país, a série Minha Quebrada. Vamos olhar as periferias do Brasil de uma ótica que pouca gente vê: a de quem mora lá dentro. E para começar, o assunto que todo mundo fala, que todo mundo quer saber. Claro, o coronavírus. Direto do Rio de Janeiro.

Assista ao episódio:

A produtora Gato Mídia nos leva para dar um rolê pelo Complexo do Alemão, um dos maiores conglomerados de favelas do mundo, que fica no coração do Rio. A pandemia, é claro, chegou por lá. 

E de mãos dadas com outros problemas que os moradores da comunidade enfrentam diariamente: descaso das autoridades, esquecimento do poder público, dificuldades no acesso ao saneamento e à higiene básicos, além dos problemas financeiros que fazem parte da vida dessas pessoas.

A soma de todos esses fatores fez com que os moradores do Alemão reagissem em uma corrente interna de solidariedade que vem salvando vidas em meio à pandemia. Corrente essa que uniu Tiê Vasconcelos e Raull Santiago, dois integrantes do Gabinete de Crise do Complexo do Alemão, grupo organizado para pensar e agir sobre o Covid-19 nas favelas da comunidade.

Vistas de dentro para fora, as comunidades se mostram lugares bem diferentes pelo que ficou definido como padrão quando vistas pela ótica dos estereótipos. “É meu lugar. Muitas vezes é estereotipado, a coisa de ser violento. Mas eu vejo pela ótica da potência, das ações, das histórias. E é por aí isso que estamos aí, disputando a narrativa de como contar sobre esse lugar”, diz Raull.

Nas próximas semanas você ainda saberá de ações mostradas por produtoras de Bahia, Distrito Federal, Rio Grande do Sul e São Paulo.

This article is automatically posted by WP-AutoPost Plugin

Source URL:https://br.vida-estilo.yahoo.com/um-role-pelo-complexo-do-alemao-em-meio-a-pandemia-mostra-a-realidade-que-ninguem-ve-070014307.html

Leave a reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>